Hotéis / Flats / Hostel
Cia's aéreas
Negócios
Eventos do Turismo
Cursos de Turismo
Locadoras de automóveis
Restaurantes
Pontos turísticos
Entretenimento
Agência de Viagens
Shopping Centers
Convention & Bureau
Aeroportos
Consulados e Embaixadas
Notícias do setor
Dicas de Viagem
Viagem com animais
Como tirar passaporte
Entidades do Turismo
Secretaria de Turismo

Parceiros:

OTHON
RIO ROISS
BOMBOA
MONTE PASCOAL




 
Procure por Pontos turísticos posicionando o ponteiro do mouse sobre um estado no mapa, em seguida clique na cidade desejada:

 

JI-PARANA

Em Ji-Paraná, a natureza serve como opção de lazer. Nas água dos rios Machado e Urupá é possível pescar, nadar, praticar esqui aquático ou remar. Também é possível passar algumas horas andando pela mata fechada, onde a fauna e flora oferecem um espetáculo de rara beleza, e para aqueles que não gostam de correr riscos, podem se divertir nas quadras e piscinas dos clubes ou então fazer algumas visitas nos pontos turísticos da cidade:

Tracoá Water Park: O Tracoá Water Park será o maior centro de lazer do estado de RO, além de ser o único parque aquático do estado. Localizado em uma área de 260.000 m², o Tracoá Water Park proporcionará um ambiente divertido e familiar, onde os clientes poderão desfrutar com segurança de cerca de 15 piscinas (com inúmeros tipos de tobogãs, formatos e padrões, além de uma delas possuir ondas artificais), restaurantes, banana boat, berçário, quiosques, quadras poliesportivas, passeio a cavalo, salão de jogos, playground, túnel aquático, academia de ginástica, lan house, entre muitas outras opções de entretenimento.

Teatro Dominguinhos, centro cultural da cidade.

Teatro Dominguinhos: o único teatro da cidade de Ji-Paraná. Com uma construção moderna, o Teatro Marco Zero, renomeado para Teatro Dominguinhos pelo vice-prefeito Nico em sua gestão, foi concluído na administração do prefeito Ildemar Kussler. Neste local são sediados grandes eventos que ajudam a promover a cultura no município. Reformado em 2003 recebeu ampliação, e tem capacidade para 200 pessoas.

Museu das Comunicações: em Ji-Paraná o visitante poderá observar o prédio construído pôr Marechal Rondon, em 1912, que serviu de base para primeira estação de telégrafo. Posteriormente este prédio foi destinado às agências de Correios e Telégrafos e em maio de 1985 foi restaurado, onde, atualmente esta instalado o Museu das Comunicações. No seu interior encontra-se expostos vários instrumentos telegráficos utilizados pôr Rondon no início do século XX, assim como várias correspondências expedidas e recebidas na ocasião de sua passagem pela região.

Exposição: o município tem hoje um dos maiores parques de exposições do norte do Brasil. Uma estrutura totalmente nova, oferecendo conforto aos expositores, e uma arena muito bem montada, além de um grande estacionamento dentro do parque. Prova da grandiosidade, anualmente é realizado a EXPOJIPA (Exposição Agropecuária e Industrial de Ji-Paraná), com um público estimado em 200 mil pessoas.

Fuscacross: Ji-Paraná todos os anos sedia vários campeonatos de fuscacross, tanto municipais como estaduais, no Automóvel Clube de Ji-Paraná, que tem sido uma das principais atrações da cidade, trazendo visitantes de diversos municípios do estado que vão prestigiar o evento.

Kart: Em dias de corrida o kartódromo de Ji-Paraná chega a receber 1200 pessoas para assititem os 'pegas'. O esporte tem se desenvolvido bastante,com formação de grid de largada com até 30 karts em provas do campeonato.

Motocross: a cidade sedia uma das etapas da mais importante competição de motociclismo do país, que é o Campeonato Brasileiro de Motocros. No perido de 05 a 7 de setembro de 2009 Ji-Paraná estará sediando uma etapa do campeonato sulamericano de Motocross.

Ji-Paraná também teve em 2006, o VIII Adrenatrilha, que é uma competição estadual. Onde, no trecho da manhã, os pilotos percorreram 78 km por trilhas localizadas no primeiro distrito do município, atravessando matas, morros, trieiros de gado, estradinhas velhas e atravessaram o Rio Urupá. Na parte da tarde os competidores percorreram mais 75 km no segundo distrito por trilhas que margeiam o Rio Machado, estradinhas velhas, carreadores de cafés e seringais no km 14.



Voltar


Apoios
BRASIL
ABAV
ABIH
ABLA
ABRESI
FENACTUR
ABRAJET
ABINT
ABRARJ
O.P.B.
abraccef
aviesp

Copyright ® Guia Brasil Turismo - 2004 - Todos os direitos reservados